Terça-feira, 13 de Março de 2007
Como vai mal o humor em Portugal
Dá ideia que os Gato Fedorento não querem dar o golpe de misericórdia no seu antigo patrono, Herman José. Vai daí, andam a deixar escorregar o seu programa pela ladeira da auto-complacência e da preguiça. A última prestação da coisa foi penosa: falta de ritmo, graças pífias, uma espécie de sketch longuíssimo a glosar um assassínio real, e, horror dos horrores, uma... tuna!
Mas o Herman trocou-lhes as voltas. Conseguiu fazer pior. Muito, muito pior. O seu "Hora H" tenta cruzar o registo revisteiro com o humor falsamente sorumbático e ataráxico de séries como "Little Britain" ou "League of Gentlemen". Mas Royston Vasey continua a ser uma miragem longínqua. O último programa de Herman José foi acabrunhante de ver: gags falhados em catadupas, uma galeria de "bonecos" já vistos 30 vezes, realização fastidiosa, uma música de fundo irritante e despropositada, o registo histérico-repetitivo da maioria dos actores. E, abaixo de tudo, os textos, completamente desprovidos de qualquer resquício de graça ou de inteligência.
Devemos continuar a ser um país de poetas; que de cómicos não temos grande coisa.

tags: ,

publicado por Luis Rainha às 23:25
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2007
Tudo começou com o rock'n roll, claro


Só ontem, apesar da minha provecta idade, é que consegui ver o celebrado This is Spinal Tap. O mockumentary de Rob Reiner que antecipa e prefigura o monumento à sátira anémica chamado The Office. Só que, infelizmente, sem Ricky Gervais.

tags: ,

publicado por Luis Rainha às 17:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sustos recentes

Como vai mal o humor em P...

Tudo começou com o rock'n...

Brinde da semana

Cocteau Twins — Wax and Wane
Ectoplasmas vários
Artiste du Jour
Antony Gormley
tags

todas as tags

pesquisar
 
subscrever feeds