14 comentários:
De Luis Rainha a 25 de Fevereiro de 2007 às 21:38
Confesso que não li ambos os livros na íntegra.Mas já li extensos excertos que me pareceram bastante similares. E olhe que nunca fui à Lua mas estou quase certo que que ela não é feita de queijo.
De qualquer forma, bastaria aquilo dos baptismos póstumos para eu ter muito má ideia da sua religião. Mas não se preocupe: tenho fraca ideia de quase todas.


De Mormon convicto a 25 de Fevereiro de 2007 às 23:56
Eu não vi similaridade nenhuma entre os dois textos.

Quando o texto original se encontrava "desaparecido" (que nunca esteve desaparecido ele nunca o quis publicar porque ia comprovar as suas mentiras) o indivíduo que se deu ao trabalho de publicar estas falsidades dizia que o LM era uma cópia do Spaulding manuscript porque:

- continha muitos termos exclusivos do LM (tais como lamanitas, Nefitas, Zarahemla, Labão etc)
- que tal como Joseph smith, Spaulding dizia ter encontrado um texto antigo antigo em caracteres judaicos de Jerusalem.
- O texto era escrito da mesma forma escritural como o LM

Com a descoberta do original veio-se comprovar que era tudo um monte de mentiras. Até o manuscrito não se encontrava desaparecido, tanto é que foi encontrado no num arquivo do jornal que primeiramente publicou estas mentiras.

A teoria Spaulding é uma imensa falsidade e fica-lhe mal ainda defende-la porque corre o risco de se associar às mentiras que foram ditas.

Outra grande mentira é de que Joseph Smith tenha dito que Lua era feita de queijo ou pelo menos que o tenha dito de uma forma séria. Para mais estas parvoíces não fazem parte da doutrina mórmon.

Os baptismos póstumos era uma práctica comum nos primeiros cristãos consulte I Coríntios 15:29

Resumindo o Sr. ia passar o tempo a citar as parvoíces escritas contra o mormonismo e eu a defende-las. Pergunto-me eu, para quê? O Sr. tem algum interesse em saber se são verdadeiras? Não me parece.

O Sr. já tem uma ideia fixa de que o Mormonismo é uma anedota, nunca analisou esta doutrina de uma forma séria e objectiva, somente leu alguma literatura anti-mormon e mais nada.

A sua táctica resume-se a mandar as farpas e nem sequer lhe interessam as respostas.

Portanto o meu primeiro comentário ficou mais que comprovado. O Sr. não passa de um intolerante. Acrescente-se que também é um ignorante sobre o Mormonismo.

É curioso que o seu Blog com o nome "Zona Fantasma" mostra um pouco sobre a sua personalidade. A "Zona Fantasma" tem origem nas aventuras do Superhomen como sendo uma dimensão para onde eram enviados os super-vilões e de onde nunca mais podiam sair. Pode-se dizer que temos aqui uma verdadeira "Zona Fantasma" com todo o tipo de falsidades e mentiras e o Sr. é um verdadeiro super-vilão porque é um caso perdido, não quer saber da verdade das coisas, não quer sabedoria, só destruição e maldizer da vida e ideias dos outros.


De Mormon convicto a 26 de Fevereiro de 2007 às 03:43
Peço desculpa pelo comentário sobre a Lua, mas só agora reparei que foi usado como exemplo e não como sendo outra "farpa". Como o Sr. tem vindo a usar as críticas anti-mórmons mais rascas e já fora de moda (a do Spaulding é do Sec . XIX) pareceu me ser outra daquelas afirmações alegadamente atribuídas a Joseph Smith e que os comentaristas anti-mórmons adoram inventar e utilizar.


De Luis Rainha a 26 de Fevereiro de 2007 às 11:37
aparte essas coisas dos super-heróis, compreensiveis em quem leva a sério essa mitologia. continuo a dizer-lhe que os seus argumentos parecem muito pouco fundamentados quando comparados, por exemplo, com estes: http://www.solomonspalding.com/docs/Smth1883.htm

E olhe que entre a Lua ser feita de queijo e a história do planeta Kolob, não encontro grandes diferenças.


De Mormon convicto a 3 de Março de 2007 às 17:24
Como o Sr. insiste em impingir-me os sites horrorosos do Dale R Bradhurst, que não é mais do que um anti-mórmon que tenta dizer mal de uma religião e tenta dar um aspecto científico ao que diz. Porém de científico não tem nada porque só recolhe e expõe material anti mórmon e põe de lado tudo que seja pro-mórmon veja este comentário a um dos livros publicados por ele:




"I have a few questions for the majority of those that read this book.

1. Why go to hours, days, weeks, months, years of trouble trying to prove someone elses religion wrong? As I have seen the 'Mormons' are not out killing people, commiting hidious crimes or attacking you in any way. Why don't you put effort into society where it will accually help. If we put the same effort into something meaningful we might accually live in a great place.

2. Remember this book is on the Spalding 'THEORY'. This book is about an idea of how the Book of Mormon came to be. It is not proven. If you take everything as fact, you would also believe everything you see in the media to. Are the men that wrote this theologians?

3. The mormon faith has just as many witnesses or more that have seen the plates. You may want to weight those possiblities as well. Do you believe in acts of God? Did prophets of old encounter miracles?

4. Why is the Author of the Book of Mormon not Spaulding? If I wrote a book with hundreds and hundreds of pages I would not give it to my buddy to give to some farmboy to publish under his name. And if it did happen then I would sue like crazy. This whole theory doesent make copyright sence.

5. Why dont you leave others faith alone and let them worship how, where, and what they may?

All anti sect books are hipocracy. Mostly if Christians are writing them. Jesus did not go about pointing out what parts of religions are wrong, he just taught the truth. So the true meaning of Christian is to be Christ-like. Are you really a Christian. If Christ was here would he spend his time critisizing other religion or whould he teach true and help the poor and needy? Who are you? "

Este comentário vem ao encontro do que eu penso. Cristo não criticou as outras religiões, são conhecidas às críticas do mesmo aos fariseus, mas às críticas eram mais sobre os próprios fariseus e as suas interpretações exageradas da lei Mosaica e não à lei em si. Por isso ele até disse "Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir"

Resumindo criticar outras religiões não é uma atitude cristã.

Volto a repetir a teoria spaulding está fora de moda a maioria dos anti-mórmons rejeitam-na. Bradhurst quer à viva força reavivar essa teoria, mas os argumentos dele são completamente abafados pelas evidências reais. Por isso é que os anti-mórmons não aceitam essa teoria. Chegam ao ponto de dizer que não acreditam no LM, mas o manuscrito spaulding não explica a sua origem.


De eduardo de paula barreto a 29 de Outubro de 2008 às 17:39
MUROS DO HOSPÍCIO

É hora de ir embora
E fazer o sacrifício
De ouvir por horas
Os loucos do lado de fora
Dos muros do hospício.

Eles são convincentes
E sabem se expressar
Fazendo com que até gente
Que se julga inteligente
Passe neles a acreditar.

Eles olham com firmeza
E mostram que conhecem
Os segredos da natureza
E ao apresentarem suas certezas
Muitos a eles obedecem.

São líderes políticos
Ou populares religiosos
Que usam recursos místicos
E outros artifícios
Que os tornam poderosos.

Esvaziam o bolso do povo
Em troca de utópicos prazeres,
Então me diga seu moço:
Serão eles os loucos
Ou os que acreditam neles?

EDUARDO DE PAULA BARRETO
www.opoetizador.com


Comentar post