De Mao a 22 de Março de 2007 às 11:51

Herman, esse génio, sim génio, que seguiu os olhos ao deslumbre do rico súbito, e ficou, pávido e alheio, na poltrona dos medíocres.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres