Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2007
Coreia do Norte: petróleo por sossego


A Coreia do Norte prometeu destruir as suas engenhocas atómicas em troca de combustível e electricidade. Fica assim demonstrado que a conjugação de sanções económicas com a negociação tenaz produz os seus resultados, mesmo face a tiranos imprevisíveis do calibre de Kim Jong-Il. Mais uma razão para lastimar a precipitada e mortífera invasão do Iraque.
Por cá, não duvido de que o PCP vai persistir na cantilena “povo coreano tem o direito soberano de decidir o seu futuro, sem ingerências externas”. De preferência com “a solidariedade do povo português”. São coisas destas que dão mau nome à esquerda: manter os olhos fechados ao pesadelo norte-coreano, teimando que se trata de coisa “socialista”. Isto quando, ainda por cima, já vários militantes do PCP visitaram aquele país, saindo de lá com inúmeras histórias trágico-cómicas, como a dos portugueses interpelados pela polícia política por terem ousado embrulhar um par de almôndegas num jornal com a fotografia do Grande Líder...


publicado por Luis Rainha às 11:01
link do post | comentar | favorito

Sustos recentes

Coreia do Norte: petróleo...

Ectoplasmas vários
tags

todas as tags

pesquisar
 
subscrever feeds